Search
Núcleo de Estudos e Pesquisas Ambientais

Governança, Conservação e Desenvolvimento em Territórios Marinhos-Costeiros no Brasil

Governança, Conservação e Desenvolvimento em Territórios Marinhos-Costeiros no Brasil, Cristiana S. Seixas (Unicamp), Paulo F. Vieira (UFSC) e Rodrigo P. Medeiros (UFPR) (Editores), RiMA Editora. 
O livro é produto de projeto financiado pela CAPES Ciência do Mar. 
 
e-book pode ser baixado sem custo (utilizando a opção ‘comprar’) no link: 
 

“Neste livro, procuramos compreender os processos de governança, conservação e desenvolvimento de territórios marinhos-costeiros no sul-sudeste do Brasil à luz de diversas abordagens teóricas e metodológicas. Em diversos capítulos, colocamos em evidência a problemática dos pescadores artesanais – detentores de um conhecimento ecológico ímpar e um dos segmentos mais vulneráveis da população costeira.

Partimos da premissa de que a conservação da biodiversidade e a promoção do desenvolvimento (em sentido amplo) da zona costeira não deveriam ser caracterizados como objetivos antagônicos. Ao contrário, defendemos que podem e devem ser integrados no bojo de um estilo alternativo ao modelo de desenvolvimento hegemônico.

Tomamos como objeto de estudo desde uma pequena comunidade ilhoa até a região costeira de um estado inteiro, passando por uma comparação entre estudos de casos em vários estados. Buscamos compreender quais são os vetores de mudança ou condicionantes das trajetórias de desenvolvimento da zona costeira; se os pescadores artesanais e suas famílias têm sido capazes de responder e se adaptar a tais mudanças, e o que favorece ou impede tal adaptação; quais são as oportunidades e desafios para implementar processos de governança participativa e em que medida atores-chave favorecem ou criam barreiras a tais processos; e, como a pluralidade de conhecimentos pode contribuir para alavancar no Brasil uma governança mais efetiva da zona costeira.

As abordagens epistemológicas, metodológicas e ético-políticas utilizadas no projeto e nas pesquisas que deram origem a esse livro possibilitaram a formação de uma imagem mais nítida de novas agendas prioritárias de investigação para os próximos tempos, como também para a formulação de estratégias preventivas e proativas para a conservação da natureza e a busca de um desenvolvimento territorial sustentável para a região costeira brasileira. O livro oferece pistas para a construção de uma governança compartilhada de territórios marinhos-costeiros com vistas a integrar conservação e desenvolvimento, bem como evidencia os avanços e os desafios que cercam as experimentações de pesquisa colaborativa inter e transdisciplinar em nosso País.”

Cristiana Simão Seixas