Revista de Arqueologia Pública
Laboratório de Arqueologia Pública Unicamp
Edição atual: Número 8, Dezembro 2013

É com imensa satisfação que apresentamos o oitavo número da Revista Arqueologia Pública! Como sempre, esperamos que vocês encontrem no espaço desta Revista uma plataforma para a elaboração de discussões e reflexões acerca de temas vinculados ao grande e aberto campo da Arqueologia Pública. Neste número, em especial, reunimos uma sequência de artigos que transitam por diferentes recortes temporais e espaciais, mas, em comum, trabalham com leituras sobre a cultura material, e produções de memórias a partir destas materialidades. É claro que as posições dos autores aqui reunidos são bastante variadas e não representam, de forma alguma, posturas consonantes sobre as temáticas mencionadas. Acreditamos, todavia, que possibilitar as divergências, discordâncias, acordos e negociações – representadas nesses artigos – é um dos pilares de nossa publicação.

Boa leitura!
Aline Carvalho

| Editorial

REVISTA DE ARQUEOLOGIA PÚBLICA, NÚMERO 8, DEZEMBRO 2013
Aline Carvalho

pdf Editorial

Artigos

OS SENTIDOS DA CULTURA MATERIAL NO COTIDIANO E NA MEMÓRIA DAS FAMÍLIAS DA COMUNIDADE QUILOMBOLA DE CINCO CHAGAS DO MATAPI
Clarisse Callegari Jacques Detalhe
Resumo

Neste artigo, busco discutir a temática da relação da cultura material com a memória e a oralidade a partir de vivências e experiências que tive até agora na comunidade quilombola do Estado do Amapá, chamada Cinco Chagas do Matapi. Destaco o papel da cultura material como mediadora de relações de alteridade, e a participação e o diálogo como aspectos metodológicos importantes da etnografia que contribuem para a prática de uma arqueologia mais reflexiva. Através de vestígios arqueológicos e de atividades atuais da comunidade, é possível estudar os diferentes sentidos da cultura material, entendida como ativa, e capaz de evocar lembranças e imagens de um passado não distante. É com a oralidade que os sentidos da memória, da paisagem e da cultura material se misturam e constituem a história e a identidade da comunidade de Cinco Chagas do Matapi.


Palavras Chaves:
cultura material, memória, quilombolas.

pdf Texto completo
ESTUDOS SOBRE O IMAGINÁRIO NA ATMOSFERA DE QUILOMBOS ARQUEOLÓGICOS
Cláudio Baptista Carle Detalhe
Resumo

Estudo sobre os diversos imaginários nas pesquisas de quilombos arqueológicos brasileiros, realizadas no Rio Grande do Sul, nos últimos anos, considerando seus aspectos colaborativos entre ciências e cientistas.


Palavras Chaves:
Arqueologia, quilombos, imaginário.

pdf Texto completo
O PAPEL DA ARQUEOLOGIA NOS CONFLITOS DECORRENTES DE OCUPAÇÕES IRREGULARES NO SAMBAQUI DA PANAQUATIRA – SÃO JOSÉ DE RIBAMAR – MA
Arkley Marques Bandeira Detalhe
Resumo

Este artigo discorre sobre a gestão dos conflitos decorrentes da invasão do Loteamento Costa Atlântica, onde se situa o Sambaqui do Panaquatira, município de São José de Ribamar, Ilha de São Luís – MA. Em 2008, a Superintendência do IPHAN no Maranhão foi informada sobre a existência de habitações irregulares sobre o Sambaqui da Panaquatira. No processo de investigação, múltiplos atores participaram da negociação em torno da proteção e preservação deste sítio arqueológico, a exemplo dos proprietários do Loteamento, Prefeitura de São José de Ribamar, Advocacia Geral da União, Ministério Púbico Federal, Justiça Federal, Polícia Federal, além do IPHAN – MA. Os desdobramentos resultaram na preservação do sítio arqueológico e o comprometimento da não reocupação da área do Sambaqui, bem como outros avanços.


Palavras Chaves:
Sambaqui da Panaquatira, Conflito, Posseiros.

pdf Texto completo
“TRÁFICO” DE MATERIAL ARQUEOLÓGICO, TURISMO E COMUNIDADES RIBEIRINHAS: EXPERIÊNCIAS DE UMA ARQUEOLOGIA PARTICIPATIVA EM PARINTINS, AMAZONAS
Helena Pinto Lima, Bruno Marcos Moraes,Maria Tereza Vieira Parente Detalhe
Resumo

O presente artigo formaliza uma discussão iniciada durante o I SEMINÁRIO INTERNACIONAL DE GESTÃO DO PATRIMÔNIO ARQUEOLÓGICO PAN-AMAZÔNICO, levado a cabo na cidade de Manaus/AM, novembro de 2007. Nessa importante ocasião foram discutidos e delineados os parâmetros para a gestão do patrimônio arqueológico amazônico. O tema deste artigo foi tratado na mesa “tráfico de material arqueológico”. Apresentaremos um projeto de pesquisa desenvolvido em parceria com a Superintendência Estadual do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN) no Amazonas, que se mostrou uma experiência bem sucedida, e que pode ser utilizada para se (re)pensar as dezenas de situações semelhantes que ocorrem no interior da Amazônia e quiçá, em outras localidades do país.


Palavras Chaves:
Tráfico de bens arqueológicos, Turismo, Arqueologia Participativa.

pdf Texto completo
OFICINA LÍTICA DE POLIMENTO NO NOROESTE DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO
Nanci Vieira de Oliveira Detalhe
Resumo

No noroeste do Rio de Janeiro, foi identificado um sítio arqueológico do tipo amolador polidor fixo, localizado na Fazenda Santa Inês, município de Miracema. A identificação deste tipo de sítio arqueológico mostra que no Rio de Janeiro, a sua ocorrência não está restrita às praias e ilhas. Assim, este artigo tem como objetivo apresentar e discutir as características deste sítio arqueológico.


Palavras Chaves:
arqueologia, sítio pré-colonial, polidores.

pdf Texto completo
ESTUDIO DE IMPACTO ARQUEOLÓGICO EN PUNTA PEREIRA (COLONIA-URUGUAY): METODOLOGÍA APLICADA Y PRINCIPALES RESULTADOS PARA EL CONOCIMIENTO DE LA PREHISTORIA REGIONAL
Irina Capdepont, Laura del Puerto e Hugo Inda Detalhe
Resumo

Este trabalho apresenta os resultados obtidos no estudo de avaliação e diagnóstico de impacto arqueológico na zona de Punta Pereira (Departamento de Colonia - Uruguai). Numa primeira etapa, as diferentes áreas da zona de Punta Pereira com potencial arqueológico foram identificadas, localizadas, descritas, documentadas, estudadas e valorizadas. Posteriormente, com o objetivo de mitigar o impacto que seria produzido pelas obras planificadas pela Planta de Celulosa y Energia Elétrica, definiu-se o entorno de proteção de cinco espaços com evidências de atividade humana pré-histórica. Nestes espaços se aplicaram medidas corretoras compensatórias, que incluíram a realização de 12 escavações arqueológicas. Estas etapas de trabalho permitiram registrar ocupações humanas durante o Holoceno que eram desconhecidas até o momento.


Palavras Chaves:
Impacto Arqueológico, Ocupações humanas pré-históricas.

pdf Texto completo
A CÉSAR O QUE É DE CÉSAR: O PATRIMÔNIO ARQUEOLÓGICO NAS ORGANIZAÇÕES FORMAIS DO BRASIL
Alejandra Saladino, Carlos Alberto Santos Costa, Elizabete de Castro Mendonça Detalhe
Resumo

Na instituição do patrimônio cultural no Brasil, uma problemática adensa-se em tempos de consolidação da legislação ambiental e de uma agenda política de viés desenvolvimentista. A saber: a preservação e a gestão do patrimônio arqueológico. O objetivo deste artigo é refletir sobre tal aspecto a partir da análise da complexificação da instituição do patrimônio cultural resultante da criação de uma nova organização formal: o Instituto Brasileiro de Museus (IBRAM). Os resultados preliminares deste primeiro esforço reflexivo indicam que, para uma maior eficácia na utilização de instrumentos e práticas de preservação sobre o patrimônio arqueológico, é necessário delimitar seu campo de atuação e estabelecer claramente atribuições e competências, bem como um plano de ação articulado entre as organizações formais de instância federal.


Palavras Chaves:
Patrimônio Cultural, Patrimônio Arqueológico, Organizações Formais, IPHAN, IBRAM.

pdf Texto completo
A ARQUEOLOGIA HISTÓRICA NO MUSEU PARAENSE EMÍLIO GOELDI
Helder Bruno Palheta Ângelo Detalhe
Resumo

O texto apresenta um panorama da Arqueologia Histórica desenvolvida pelo Museu Paraense Emílio Goeldi. Campo de pesquisa que despontou na instituição a partir da década de 1980, foi consolidado através de estudos que trouxeram novos olhares sobre a história da Amazônia e vêm contribuindo para a preservação e valorização do patrimônio histórico e cultural da região. Destarte, será discutida a produção científica promovida pelo MPEG, abordando os principais temas de investigação e os resultados obtidos.


Palavras Chaves:
Arqueologia Histórica, Museu Paraense Emílio Goeldi, patrimônio histórico.

pdf Texto completo
PIXAÇÕES SOB A ÓTICA DA ARQUEOLOGIA URBANA
Rafael de Abreu Souza Detalhe
Resumo

O texto tem como objetivo apresentar elementos para uma discussão sobre as pixações a partir de leituras da Arqueologia Urbana. Para tal, serão utilizadas pixações outrora pertencentes ao complexo fabril Cianê, situado na cidade de Sorocaba, São Paulo, conjunto edificado no final do século XIX, com utilização, enquanto fábrica têxtil, até os anos de 1970. Argumenta-se que os discursos que reafirmam o abandono do complexo fabril, após sua falência, passando por seu processo de tombamento e atual revitalização e restauro para abarcar um novo shopping no centro da cidade, pautam-se pelas relações de poder e patrimônio demasiado normativas e que segregam, ainda mais, grupos sociais cuja vivência coletiva se expressa a partir de práticas de ressignificação e reconstrução da paisagem urbana.


Palavras Chaves:
Arqueologia Urbana, Pixações, Sorocaba.

pdf Texto completo

| Entrevista

Prof. Dr. Gabino la Rosa Corzo Detalhe

Profesor e investigador cubano, especialista en Arqueología. Posee Licenciatura en Historia por la Facultad de Humanidades de la Universidad de La Habana y Doctorado en Ciencias Históricas.A lo largo de su carrera académica, se ha desempeñado como investigador y docente en los niveles de Pregrado y Posgrado en diferentes Universidades cubanas y en otros países. Entre sus experiencias profesionales, se destacan los cursos promovidos por el LAP- NEPAM- UNICAMP y por el IFCH-UNICAMP. Es autor de varias publicaciones, siendo la más reciente su libro Tatuados. Deformaciones étnicas de los cimarrones en Cuba (2011). La siguiente entrevista aborda su trayectoria académica, las especificidades de la arqueología cubana y algunas de sus impresiones sobre la relación de ésta con la arqueología brasilera, entre otras cosas.


Autora:Carola Sepúlveda

pdf Texto completo

Resenha

Reproducción social y creación de desigualdades – discusiones desde la antropologia y la arqueologia suramericanas. 1ª Ed. Cordoba: Encuentro Grupo Editor, 2012. 232 p. Detalhe

Autor: Bruno Sanches Ranzani da Silva

pdf Texto completo

SEÇÃO DE GRADUAÇÃO

Artigo

GEOGRAFIA E ARQUEOLOGIA: UMA VISÃO DO CONCEITO DE RUGOSIDADES DE MILTON SANTOS
Anderson Sabino,Robson Simões Detalhe
Resumo

Neste trabalho trazemos reflexões que partem dos conceitos de espaço e rugosidade elaborados pelo renomado geógrafo brasileiro Milton Santos (1926-2001). Tais reflexões buscam contribuir para alavancar a construção de pontes que conectem de forma produtiva e permitam estabelecer frutífera interdisciplinaridade entre Geografia e Arqueologia.


Palavras-chave:Geografia, Arqueologia, Milton Santos.

pdf Texto completo

Resenha

Esclavos y cimarrones en Cuba: arqueologia histórica en la Cueva El Grillete. Buenos Aires: Instituto Superior del Profesorado Dr. Joaquín V. González – Centro de Investigaciones Precolombinas, 2012. 180p.
Detalhe
Autor: Vitor Gomes Monteiro



pdf Texto completo




pdf Baixar a Revista completa [6MB]









Indexadores

Página Principal Sobre a Revista Corpo editorial Normas Atual Anteriores Contato Notícias